Famílias vistoriam casas do Residencial Kamel Saad
Fecha: 13-06-2016 13:20:50 | Visitas: 1307
PONTA PORÃ: Imóveis estão prontos e futuros moradores já podem fazer última vistoria antes da entrega.

As 1.015 famílias contempladas com as casas do Residencial Kamel Saad devem procurar a Agência Municipal de Habitação (Habiporã), para agendar até a próxima segunda-feira, dia 13, a última vistoria antes da entrega dos imóveis, cuja data será definida pelo Governo Federal. Esta é a última etapa do processo, momento que o futuro morador pode conhecer o imóvel por dentro e por fora.

De acordo com a Habiporã, se as pessoas que foram sorteadas demorarem para comparecer para fazer a vistoria, poderá acarretar atraso para a entrega das casas. Um dos problemas, segundo as servidoras da Agência, é a dificuldade para entrar em contato com as famílias sorteadas. “Muitas pessoas desligam o telefone celular e dessa forma acaba dificultando o contato”.

A vistoria do imóvel só pode ser feita pelo futuro morador, que é acompanhado pelo engenheiro responsável pela obra, Murilo Roggeri. O contemplado pode vistoriar detalhadamente todo o imóvel desde as instalações elétricas e hidráulicas, portas, janelas, piso, pintura, entre outros. “Essa é a oportunidade da pessoas olhar tudo e concordando com a obra, assina o termo de vistoria”, explica.

Uma das pessoas que esteve nesta quinta-feira, dia 9, vistoriando a sua futura moradia é Maria Cristina Marques Soligo. Ela foi contemplada com o imóvel construído na quadra 2, lote 2. “Aqui está tudo muito lindo, adorei, essa casa é um amor. Experimentei as torneiras, o banheiro é ótimo. Estou muito feliz com tudo e quero agradecer ao prefeito pela oportunidade. Agora que já conheço a minha casa, vou correr para conseguir dinheiro para construir o muro”, disse a futura moradora.

Maria Dair Antunes Oliveira, contemplada com a casa construída na quadra 2, lote 4, ficou emocionada ao entrar no imóvel acompanhada do esposo. “Ficou muito chique. Gostei muito e agradeço a Deus por essa conquista. Agradeço ao prefeito Ludimar Novais pela construção dessas casas. Isso é uma benção para que ainda não tem onde morar”, disse. Maria Dair disse que atualmente mora em situação precária em um local cedido por uma tia.

Também muito feliz em poder visitar a sua futura moradia estava a dona de casa Ramona Ocampos Messa, que foi até o Residencial Kamel Saad acompanhada do filho Miguel Ângelo e de um amigo da família. A casa dela é adaptada para deficiente físico. “Estou muito feliz e graças a Deus agora vou ter onde morar com segurança. Essa casa é a realização de um sonho, vou finalmente sair do aluguel. Posso dizer que agora tenho felicidade”, disse.

O engenheiro responsável pela obra, Murilo Roggeri, informou que as casas foram construídas em terrenos de 250 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta. As paredes da cozinha, do banheiro e da área de serviço, onde foi instalado o tanque de lavar roupas, foram azulejadas até a altura de um metro e meio. Além disso, explica o engenheiro, todas as portas internas são de madeira, as que dão acesso a parte externa são de ferro. Os imóveis também são forrados com material de PVC e as paredes pintadas.

“Tudo foi feito dentro de um padrão de qualidade e o futuro morador ao fazer a vistoria poderá apontar defeito que por ventura possa aparecer e o mesmo será reparado. Nossa empresa possui experiência de 42 anos no mercado e podemos garantir que as casas foram construídas obedecendo todas as normas técnicas e de segurança. Também cabe destacar que as casas contam com energia solar para fornecer água quente no chuveiro, reduzindo dessa forma a conta de energia elétrica em cerca de 30%”, ressaltou o engenheiro.

Fotos: Lucho Rocha



Buscador
Lo Ultimo